Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Estrutura e Direção > Uncategorised > Ciência da Computação
Início do conteúdo da página

Ciência da Computação

Publicado: Quarta, 17 de Outubro de 2018, 16h44 | Última atualização em Quarta, 28 de Outubro de 2020, 15h48 | Acessos: 6214

BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

 

Perfil do profissional

O bacharel em Ciência da Computação constrói aplicativos de propósito geral, ferramentas e infraestrutura de software de sistemas computacionais, gera conhecimento científico e inovação. Planeja, supervisiona, elabora e coordena projetos e serviços. Possui visão global e interdisciplinar de sistemas computacionais. Age de forma reflexiva na construção de sistemas de computação com respeito às pessoas e à sociedade. Reconhece que são fundamentais a inovação e a criatividade e entende as perspectivas de negócios e oportunidades.

Nos aspectos sociais, o egresso respeita os princípios éticos; projeta sistemas que visam a melhoria das condições de trabalho dos usuários, sem causar danos ao meio ambiente; facilita o acesso e a disseminação do conhecimento na área de computação e tem uma visão humanística crítica e consistente sobre o impacto da sua atuação profissional na sociedade.

 

Áreas de atuação:

Administrador de Banco de Dados:

Realiza projetos lógico e conceitual de bancos de dados, tem conhecimento para criar projetos físicos eficientes a partir de modelos lógicos e de especificações de aplicações. Implementa procedimentos robustos de backup e recuperação de acordo com a política de segurança da organização. Resolve problemas de desempenho, proativamente monitora o ambiente do banco de dados e faz ajustes no sistema gerenciador de bancos de dados para otimizar o uso dos recursos computacionais. É o responsável por garantir que apenas pessoas autorizadas tenham acesso aos dados. Realiza auditorias para garantir que a segurança dos dados atende as conformidades da organização.

 

Marketing:

Divulga e vende tanto software como hardware, além de fazer prospecção, análise e planejamento de novos produtos e tecnologias.

 

Analista de Suporte:

Oferece suporte de software e hardware para o público interno e/ou externo da organização. Responde por questões de serviços, produtos e garantia. Realiza manutenção em redes de computadores, é responsável pela segurança dos dados e serviços, participa da análise, escolha, instalação, implantação e manutenção de software. Realiza manutenções de rotina. A atuação em suporte é bastante segmentada com diferentes níveis de conhecimento exigidos como por exemplo: Analista de suporte ERP, Analista de suporte Linux, Analista de suporte Mainframe, Analista de suporte Notes, Analista de suporte Redes, Analista de suporte técnico, Analista de suporte Unix, Analista de suporte Windows e outros.

 

Gerente de TI:

É o líder do departamento de tecnologia da informação. Atribui aos membros da equipe as funções de cada um, repassa prazos e orçamentos. Gerencia projetos, planeja e cobra de cada membro da equipe que a sua função esteja sendo realizada com sucesso, verifica cada etapa do projeto, e assim, decide o início da fase seguinte. Valida a finalização do projeto e realiza o levantamento dos erros e acertos, sendo o responsável pelo sucesso final. Atua na governança de TI e engenharia de processos, elabora estratégias e procedimentos de contingência com foco na segurança dos dados, acesso, auditorias e continuidade dos serviços de TI oferecidos.

 

Desenvolvedor de Sistemas:

Elabora e realiza levantamentos de dados para estudo e implementação de sistemas. Realiza levantamento de requisitos de sistemas, incluindo desenvolvimento, testes e implementação. Assegura a qualidade das rotinas e processos do desenvolvimento de software. Analisa o desempenho dos sistemas implantados, reavalia rotinas, manuais e métodos de trabalho, verificando se atendem as necessidades dos usuários. Avalia sistemas manuais, propondo novos métodos de realização do trabalho ou sua automação, visando otimizar a utilização dos recursos humanos e materiais disponíveis. O ramo do desenvolvimento de sistemas leva o profissional a se especializar em algum nicho de atuação como: Arquiteto de sistemas, arquiteto de testes, gerente de sistemas, desenvolvedor mobile, desenvolvedor Java, desenvolvedor ASP, desenvolvedor Python, Web designer, Webmaster, engenheiro de sistemas, analista de sistemas, analista de testes, entre outros.

 

Infraestrutura

O Câmpus Salto conta com salas de aula, laboratórios didáticos de programação, laboratório de redes, laboratório de eletrônica e laboratórios de sistemas digitais

 

Estrutura curricular

 

Projeto Pedagógico

 

Horário

 

Identificação do curso

BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Início de funcionamento do curso

1º semestre de 2019

Forma de ingresso

Sistema de Seleção Unificada – SISU*

Entrada

Anual

Modalidade

Presencial

Turno

Integral

Vagas

40

Duração do curso

4 anos

Carga horária mínima obrigatória

3200 horas

Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento - ATPA

256 horas

Estágio

Não obrigatório

Duração da hora/aula

50 minutos

Duração do semestre

19 semanas

Local do curso:

Câmpus I

* Pode ocorrer processo de seleção simplificado para preencher vagas remanescentes por meio de edital específico. Outras formas de acesso previstas são: reopção de curso; transferência externa; outra forma definida pelo IFSP em conformidade com a Organização Didática vigente.

 

Dados da coordenação

Coordenador

Prof. Dr. Luís Henrique Sacchi

E-mail

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone

(11) 4602-9209 / 4602-9191

Local

Sala 211

Horário de atendimento

Terça-feira

13h – 14h

Quarta-feira

8h – 12h

Sexta-feira

8h – 10h30

Fim do conteúdo da página