Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Oficina de Manejo de Água foi realizado no Câmpus Salto no dia 26 de novembro

Publicado: Quarta, 30 de Novembro de 2022, 15h41 | Última atualização em Quarta, 30 de Novembro de 2022, 15h42 | Acessos: 273

No sábado, dia 26 de novembro, foi realizada a oficina de Manejo Permacultural de Água na Paisagem, em que houve oportunidade de plantar água e proteger nascentes.
A água é o recurso fundamental para a existência de todas as formas de vida do planeta, mas poucos questionam de onde a água vem e para onde ela vai depois de usá-la. O termo “plantar água” também é desconhecido para muita gente, e refere-se a técnicas que unem proteção, manejo e infiltração da água.

 

swale

 

 

No Câmpus Salto foi usada a técnica dos swales, que são valas de infiltração que permitem o armazenamento da água no lençol freático, local ideal para armazenar água.

 

 

Também foram plantadas sementes de capim vetiver e feijão guandu sobre os swales. Estas espécies vegetais irão formar barreiras, filtrar e controlar a velocidade de escoamento da água na superfície do terreno. As raízes do vetiver podem chegar até 5 metros de profundidade e são resistentes, ajudando na estabilização do solo, prevenindo erosões e formando caminhos para a água infiltrar no solo. As raízes do feijão guandu também aumentam a permeabilidade do solo e ele atua como adubo verde, nitrogenando este solo. Além disso, o feijão é alimento para nós e para outros animais e insetos, como as abelhas.

O plantio irá contribuir para proteção das nossas 3 nascentes, de nosso riacho e da nossa mata de galeria, além de trazer mais biodiversidade, beleza e conforto para o câmpus.


Plantar água é uma ação importante para mitigar e enfrentar as mudanças climáticas! Valeu, time de plantadores!

 

oficina

registrado em:
Fim do conteúdo da página