Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

O SISTEMA EDUCACIONAL FINLANDÊS PODE INSPIRAR O BRASIL?

Publicado: Sexta, 27 de Janeiro de 2017, 09h33 | Última atualização em Quarta, 29 de Março de 2017, 07h51 | Acessos: 2573

 

Professor brasileiro conheceu a educação no país nórdico e partilha experiências em podcasts
(Fonte: http://www.neteducacao.com.br/multimidia/audios/sistema-educacional-finlandes-pode-inspirar por Marcelo Abud)

"O foco do 'Papo de professor' é compartilhar aquilo que pode ser aplicado e, principalmente, aquilo que depende só do professor."
(Damione Damito, para o NET Educação)

Damione Damito, professor do IFSP Campus Salto, passou cinco meses na Finlândia, onde pôde conhecer a fundo o sistema da educação considerado um exemplo de qualidade. A viagem é parte da primeira edição do programa "Professores para o futuro", parceria do Ministério da Educação (MEC) com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Com a intensão de partilhar suas experiências e dialogar, Damito viu no podcast um meio interessante para isso. Baixo custo de produção, facilidade de acesso e de escolha dos conteúdos por parte de quem ouve, além do alcance geográfico sem limites são elementos fundamentais dessa mídia que o animaram a criar o "Papo de professor" (PdP). Os programas em áudio, disponíveis gratuitamente na internet, trazem as experiências que vivenciou em sua viagem e que podem inspirar ações por aqui.

O que começou despretensiosamente vem ganhando repercussão. O podcast foi adotado pela Universidade de Ciências Aplicadas Hamk, na Finlândia, em programas de capacitação de educadores. "Nós temos recebido feedback de muitos países", diz. Além disso, acessos ao conteúdo são registrados da Rússia, do Reino Unido e também de países como os Estados Unidos, Canadá, Venezuela e Peru. O Papo de Professor também vem atraindo grande atenção da mídia sendo destaque na BBC World, BBC Brasil, Portal do MEC, NET Educação, Jornal Correio Brasiliense entre outros grandes portais da internet.

Todos os programas começam com um "Moikka Moi!", a saudação que significa "Olá Oi!", e seguem tratando temas de interesse dos educadores. Até hoje foram publicados dezenas deles, boa parte gravados na Finlândia. Na entrevista, ele comenta que é comum ser indagado sobre usar aqui exemplos do país nórdico - país que tem cerca de cinco milhões de habitantes e uma realidade social e econômica diversa da brasileira. Ele procura apontar práticas possíveis de serem aplicadas no Brasil, mas também destaca diferenças importantes. "Os professores de educação infantil são muito respeitados lá. Isso eu achei bastante interessante e diferente do Brasil".

Também, Damione foi surpreendido pela forma em que usam a tecnologia. Ao contrário do que esperava, não encontrou ambientes super cibernéticos. "A tecnologia necessária existe, mas não muito além de um datashow, uma lousa e coisas desse tipo que nós também temos. A diferença não é a tecnologia em si, mas como ela é usada", aponta.

Ouça o podcast do professor Damione neste link (www.papodeprofessor.com) e acompanhe mais notícias pela Facebook (https://www.facebook.com/papodeprofessorpodcast)

DSC02070

registrado em:
Fim do conteúdo da página